Sequestrados pela polícia?


Imagem de fotógrafo amador mostra um dos sequestros realizados em Santiago
Victor Farinelli, CartaCapital

“Não era uma tarde qualquer. Naquele 10 de junho, às 14h, o centro de Santiago cheirava a gás lacrimogêneo. Pouco mais de mil fanáticos de Augusto Pinochet saíam do teatro que sediou uma homenagem ao ex-ditador custodiados pela polícia, que confrontava também os manifestantes de esquerda. A alguns metros dali, o jornalista Víctor Arce sente duas mãos agarrando repentinamente seus braços e o capuz de sua blusa cobrir rapidamente o seu rosto: “você fica quietinho, mané, que a gente não vai te fazer nada”.

Arce tampouco é um jornalista qualquer. Desde fevereiro, por meio do seu blog Factor Absoluto, ele vem denunciando a violência excessiva da polícia chilena contra os movimentos sociais. O capuz que lhe puseram sobre a cabeça cortou parcialmente a sua visão, mas não o impediu de olhar para o chão e identificar os calçados dos seus sequestradores: eram botas usadas por soldados do batalhão de Forças Especiais da polícia militar chilena.

Levado a um quarto escuro sem janelas, onde apenas podia sentir o frio azulejo do piso e constatar que estava numa casa, não numa delegacia, o jornalista independente tentou, em vão, se comunicar com amigos e reportar o que sentia naquele estranho cárcere. Passou cerca de sete horas ali, sem luz, nem comida, nem banheiro.”
Foto: Codepu
Matéria Completa, ::AQUI::
Via Google Plus

About Antonio Ferreira Nogueira Jr.

Contato- nogueirajr@folha.com.br
Revista- WMB

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 Comentários: