Sobre quatro rodas, "Speed Sisters" palestinas desafiam machismo

As garotas, muçulmanas e cristãs, formam a primeira equipe feminina de carros de corrida do Oriente Médio

Opera Mundi

Ainda que a improvisada pista de corridas na Universidade de Istiklal, em Jericó, esteja lotada, não se vê nenhuma mulher entre a multidão. O ambiente exala testosterona. No entanto, isso não parece afetar as “Speed Sisters”, que competem neste campeonato local de carros de corrida e esperavam a vez para sair “queimando pneu”.

A pilota palestina Mona Ennab (de macacão laranja) aguarda a vez para correr em pista montada em universidade de Jericó
As quatro palestinas, muçulmanas e cristãs, estão dando o que falar na Cisjordânia, para o bem e para o mal. Entre 21 e 31 anos, o sonho delas é competir em corridas profissionais. O troféu máximo seria a Fórmula 1, contam. “Como corremos há bastante tempo, as pessoas já se acostumaram, embora ainda haja gente que não goste. Pensam que não é lugar de mulher, acham perigoso”, explica ao Opera Mundi Mona Ennab, enquanto espera a vez ao lado do carro, adornado com listras vermelhas.

Ela conta que, no começo o pai se opôs à ideia, mas logo percebeu que esse era seu sonho. A família o acompanhou na decisão. “Mas ainda há muitas pessoas que nos criticam, inclusive com insultos”, diz Mona. “Acredito no que faço. Por meio da corrida reivindico os direitos das mulheres palestinas, o direito de decidir sobre sua vida”, completa a jovem, vestindo um ajustado macacão laranja e preto.”
Foto: Susana Mendoza/Opera Mundi
Matéria Completa, ::AQUI::
Via Google Plus

About Antonio Ferreira Nogueira Jr.

Contato- nogueirajr@folha.com.br
Revista- WMB

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 Comentários: